AO VIVO
Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
Busca
Rio de Janeiro
35ºmax
21ºmin
Correios Celular - Mobile
POLÍTICA

Meio Ambiente repassa R$ 230 milhões ao BNDES para combate aos lixões

Os recursos serão empregados em ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas

10 setembro 2020 - 09h15Por Martha Alves*

O Ministério do Meio Ambiente vai repassar R$ 232 milhões para ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Os recursos fazem parte de termo aditivo assinado entre a pasta e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), nesta quinta-feira (10).

A verba é do Fundo Nacional de Mudanças do Clima (FNMC) e será empregada prioritariamente em obras e ações de saneamento básico do programa Lixão Zero e de outros eixos da Agenda Ambiental Urbana, lançada pelo Ministério do Meio Ambiente em 2019. 

Os recursos são destinados a apoiar implantação de empreendimentos, aquisição de máquinas e equipamentos, desenvolvimento tecnológico relacionados à redução de emissões de gases do efeito estufa e adaptação às mudanças do clima e seus efeitos.

Segundo o ministério, cada projeto pode receber no máximo R$ 30 milhões, a cada 12 meses, através de financiamentos concedidos pelo BNDES nos modelos Finame (financiamento de máquinas e equipamentos) ou Finem (crédito de inovação direto).

Ao todo, em 2020, R$ 582 milhões já foram repassados pelo BNDES para financiamento reembolsável de projetos públicos e privados voltados à mitigação da mudança do clima e à adaptação aos seus efeitos adversos.

 

*Com informações da Agência Brasil