AO VIVO
Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
Busca
Rio de Janeiro
27ºmax
13ºmin
Correios Celular - Mobile
MEIO AMBIENTE

Mato Grosso do Sul decreta situação de emergência após incêndios florestais

Ao menos 1,4 milhão de hectares dos biomas Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica foram queimados

14 setembro 2020 - 15h55Por Martha Alves

O governo do Mato Grosso do Sul decretou, nesta segunda-feira (14), situação de emergência por 90 dias em todo Estado devido aos incêndios florestais nos biomas Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica.  Em todo o Estado, 1,4 milhão de hectares dos três biomas foram queimados neste ano, segundo estimativa do Ibama/Prevfogo.

Com o decreto e imediata homologação por parte da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, o Estado receberá recursos federais para ampliar as estruturas de combate aos incêndios em 79 municípios sul-mato-grossenses. 

"Com o reconhecimento federal, o decreto flexibiliza e agiliza ações imediatas como a contratação de brigadistas e o aluguel de aeronaves”, disse o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Segundo o governador, diferentes planos de trabalho vão nortear  o combate aos incêndios em todas as regiões de Mato Grosso do Sul. 

“Mas claro que ação mais ostensiva será no Pantanal, que enfrenta a maior seca já vista nos últimos 50 anos e teve 12% de sua área consumida pelas chamas”, enfatizou o governador.